[Dicas] Como Resolver Tela preta após instalação do DRIVER proprietário NVIDIA

editado maio 16 em Hardware

Olá a todos!
Após realizar a instalação do driver proprietário da NVIDIA no meu fedora 30 KDE Spin o meu SDDM não aparecia mais, ficava apenas uma tela preta.
Eis que encontrei uma solução baseada na documentação do Arch Linux.
Primeiramente vou explicar o processo de instalação do drive que eu utilizei, que retirei do Acre Linux.

1 – Atualizando o sistema:

# dnf update -y

Reinicie o computador

2 – Instalando as dependências:

# dnf install kernel-devel-$(uname -r) gcc dkms

3 – Adicionando o nouveau na blacklist:

# echo "blacklist nouveau" >> /etc/modprobe.d/blacklist.conf

# nano /etc/sysconfig/grub

Na linha “GRUB_CMDLINE_LINUX=” adicione o parâmetro rd.driver.blacklist=nouveau ficando mais ou menos assim:

GRUB_CMDLINE_LINUX="rd.lvm.lv=fedora/swap rd.lvm.lv=fedora/root quiet rd.driver.blacklist=nouveau nomodeset"

Reconfigure o Grub:

# grub2-mkconfig -o /boot/grub2/grub.cfg

# grub2-mkconfig -o /boot/efi/EFI/fedora/grub.cfg

4 – Realizando backup e criando uma nova imagem do initramfs:

# mv /boot/initramfs-$(uname -r).img /boot/initramfs-$(uname -r)-nouveau.img

# dracut --omit-drivers nouveau /boot/initramfs-$(uname -r).img $(uname -r) --force

5 – Instalando a partir de pacotes via repositório negativo17:

Pré-requisitos: Ter o RPMFusion instalado e realizar os passos 1, 2, 3 e 4 do Método 1
a) Instalando o repositório no Fedora :

# dnf config-manager --add-repo=http://negativo17.org/repos/fedora-nvidia.repo

b) Instalando o driver e o suporte a NVENC, aplicações 32 bits, NVML, CUDA e DKMS:

# dnf -y install nvidia-driver akmod-nvidia kernel-devel nvidia-driver-libs.i686 vulkan cuda nvidia-driver-cuda cuda-devel

Depois desses passos ao reiniciar a tela preta aparece e o SDDM fica inacessível.

O curioso é que se entrarmos via "tty" e digitarmos "startx" o ambiente gráfico, no meu caso Plasma, carrega normalmente. É exatamente isso que vamos fazer para finarlizarmos a correção do problema.

Tecle "ctrl + f2" para entrar via "tty".

Aparecerá um terminal onde será possível acessar seu usuário ou o usuário root. Neste caso é mais prático usar o root, mas tome muito cuidado, não é recomendado que seja utilizado esse usuário como padrão sempre, para evitarmos que erros que cometamos comprometam a integridade do sistema.

Após logarmos com o root digitamos:

# startx

Utilizando o terminal (Konsole) digite:

xrandr

Aparecerá abaixo as saídas de vídeo da sua máquina, no meu caso um notebook Asus N550 JK aparecem as opções a seguir:

Eu vou utilizar a resolução máxima e maior frequência de atualização na minha configuração, portanto será 1920x1080 e 60.10 respectivamente.
Recomendo colocar a configuração de DPI também, pois sem ela no meu caso as fontes ficaram muito pequenas. Dito isso vamos para a solução.

Edite o arquivo /etc/sddm/Xsetup:

# nano /etc/sddm/Xsetup

Coloque os parametros do xrandr nele da seguinte maneira:

xrandr --output eDP-1-1 --mode 1920x1080 --rate 60.10 --dpi 96

Os parâmetros são bem intuitivos.
O nome eDP-1-1 é minha saída de vídeo e poderá mudar de acordo com a saída de vídeo de cada um.

Pronto, basta salvar usando crtl + x.

Ao reniciar o SDDM estará funcionando.

Att.

Referências:
https://acrelinux.org/instalando-o-driver-nvidia-no-fedora/
https://wiki.archlinux.org/index.php/SDDM

Entre ou Registre-se para fazer um comentário.

Olá, bem-vind@!

Quer participar e contribuir? Clique no botão "Registrar-se" se é sua primeira vez aqui. Se você já é um dos nossos, clique em "Entrar".