Instalando o ESXi 6.7 da VMware no Virt-manager/Fedora 31

editado dezembro 3 em Tutoriais

O ESXi é mais um produto da VMware, empresa com mais de 20 anos de mercado e pioneira na tecnologia de virtualização computacional. Ele é um sistema operacional de virtualização que utilizada de um hipervisor para prover máquinas virtuais. O produto hipervisor da VMware é o VMware Sphere, entretanto existem outros disponíveis no mercado e seus principais concorrentes são o Hyper-v (Microsoft), kvm (RedHat) e o Citrix Hypervisor (Citrix).

Nas figuras abaixo observamos as camadas de funcionamento dessas tecnologias:

Diagrama VM1

Ou ainda:


Diagrama VM2

Para o laboratório eu tive a opção de utilizar o Virtual Box e o QEMU, que são dois virtualizadores gratuitos e comumente utilizados para fins educacionais e testes, como no nosso caso. Instalei o ESXi Server em sua versão 6.7 com uma imagem iso customizada com drivers adicionais de placas de rede Realtek. Optei por esta e não pela imagem oficial disponibilizada no site da https://my.vmware.com/en/web/vmware/evalcenter?p=free-esxi6VMware, pois a imagem oficial tem algumas restrições de instalação em um hardware que não seja de servidor, uma delas é não reconhecer placas de rede com chipset da Realtek. Você pode baixar essas imagens neste site do Rodrigo Lira.

O QEMU desfruta da tecnologia KVM, Kernel Virtual Machine ou Máquina Virtual baseada em Kernel, que trata todos os componentes virtuais como parte do kernel do Linux, ganhando assim em desempenho e estabilidade quando comparado ao Virtual Box. Ele será gerenciado pelo virt-manager, que é uma aplicação de gerenciamento de máquinas virtuais com interface gráfica para desktop. Aqui no fórum temos tutorial de instalação do QEMU + Virt-manager e do Virtual Box no Fedora.

Dessa forma a nossa figura acima ficaria mais ou menos assim:

Diagrama VM1

A instalação apenas foi possível no Virt-manager, já que no Virtual Box o instalador do ESXi travava sempre na cópia de um item, o vmkibft (aconteceu comigo, mas pode ser que não aconteça com você). Os requisitos mínimos para fazer a VM destinar 2 núcleos e 4 GB de RAM, menos que isso o instalador te avisa da insuficiência e te pede o hardware mínimo.
A tela abaixo mostra a etapa e algumas especificações como a tecnologia do virtualizador e do meu hardware.


Instalação no Virtual Box

Comparando com a instalação no Virt-manager:

Instalação no Virt-manager

O Virtual Box reconheceu meu processador como sendo o que ele realmente é, um Intel Core i5-3450, diferentemente do QEMU que reconheceu como sendo um Xeon E3-12xx, ou seja, um processador próprio para servidores. A dúvida fica para saber se isso foi o fator determinante para que o QEMU concluísse a instalação com sucesso e o Virtual Box não. Se alguém tiver alguma experiência a respeito deixa ai no post.

Optei por fazer um vídeo da instalação a fim de evitar as dezenas de print de telas que teria que colocar aqui.

Podemos observar que a instalação foi rápida e prática. O erro apresentado creio que refere-se a algum dispositivo PCI no qual o ESXi não tenha suporte, no meu caso poderia ser a VGA ou placa de áudio.

As configurações de rede são importantes fazer, já que não queremos ter um sistema operacional provedor de serviços de rede com um endereço ip dinâmico, não é verdade? Lembrando sempre que caso haja um servidor DNS na sua rede essa configuração também deverá ser feita apontando para o endereço do mesmo.

Façam testes em máquinas virtuais desse tipo antes de coloca-las em produção em um servidor de verdade.

Entre ou Registre-se para fazer um comentário.