[TUTORIAL] Instalando o NodeJS no Fedora

editado janeiro 28 em Tutoriais

O tutorial a seguir foi feito com informações do portal Fedora Developer e do Github do NodeSource

Instalar a versão LTS do NodeJS

NodeJS

A versão LTS está nos repositórios do Fedora. Usando a ferramenta DNF, vamos instalar a Engine Javascript V8, o runtimr Node.js, o gerenciador de pacotes NPM e suas dependências:

sudo dnf install nodejs

Versões alternativas

Se você precisar de uma versão diferente, pode ver as que estão disponíveis no repositório modular do Fedora. Veja as versões disponíveis com o comando abaixo (não necessita de sudo ou root):

dnf module list


No momento temos as versões 10, 11 e 12 disponíveis. Para instalar a versão 10, por exemplo, use o comando abaixo:

sudo dnf module install nodejs:10

Yarn

Se você precisar do gerenciador de pacotes yarn, pode instalá-lo a partir dos repositórios do Fedora, com o comando abaixo:

sudo dnf install nodejs-yarn

Para usar o yarn, você deve usar um dos comandos: yarnpkg ou nodejs-yarn, para não ter conflitos com outros pacotes. Se você quiser usar apenas yarn, pode criar um alias para isso.

Exemplos de utilização:

nodejs-yarn add sqlite3
yarnpkg add sqlite3

Módulos NPM

Existem módulos NPM no repositório do Fedora, você pode instalar módulos usando o DNF ou o próprio NPM. Veja como instalar o sqlite3 usando o DNF ou o NPM:

sudo dnf install nodejs-sqlite3

sudo dnf install 'npm(sqlite3)'

npm install sqlite --save

Para instalar a última versão do NodeJS

Se você quiser a última versão do NodeJS, pode instalar seguindo as instruções do NodeSource:

sudo curl -sL https://rpm.nodesource.com/setup_13.x | sudo bash -

sudo dnf install nodejs gcc-c++ make

**Observação: Verifique se você precisa usar sudo ou se está no login de root, adapte o tutorial à sua necessidade. **

Com os comandos acima você adiciona o repositório nodesource e instala o nodejs na última versão, além de instalar as ferramentas de compilação de C++.

Yarn do repositório do desenvolvedor (upstream)

Durante a configuração do repositório nodesource, apareceu uma mensagem com as instruções para a instalação do yarn a partir do repositório upstream (de quem desenvolve o programa), a mensagem é a seguinte:

## To install the Yarn package manager, run:
     curl -sL https://dl.yarnpkg.com/rpm/yarn.repo | sudo tee /etc/yum.repos.d/yarn.repo
     sudo yum install yarn

Imagem com as últimas versões do NodeJS e do Yarn:

Comparando as versões do repositório e do upstream

Eu usei a toolbox para instalar o ambiente NodeJS separado do ambiente existente na minha instalação do Fedora. Assim eu pude ter as duas versões para mostrar no tutorial, vejamos a diferença nas versões:

[leandro@fedora ~]$ node --version
v12.14.1    #versão do repositório do Fedora
[leandro@fedora ~]$ toolbox run node --version
v13.7.0    #versão do upstream
[leandro@fedora ~]$ yarnpkg --version
1.13.0    #versão do repositório do Fedora
[leandro@fedora ~]$ toolbox run yarn --version
1.21.1    #versão do upstream

Por hoje é só, pessoal. Abraços!

Comentários

  • Digite seu comentário> @leandroramos disse:

    O tutorial a seguir foi feito com informações do portal Fedora Developer e do Github do NodeSource

    Instalar a versão LTS do NodeJS

    NodeJS

    A versão LTS está nos repositórios do Fedora. Usando a ferramenta DNF, vamos instalar a Engine Javascript V8, o runtimr Node.js, o gerenciador de pacotes NPM e suas dependências:

    sudo dnf install nodejs

    Versões alternativas

    Se você precisar de uma versão diferente, pode ver as que estão disponíveis no repositório modular do Fedora. Veja as versões disponíveis com o comando abaixo (não necessita de sudo ou root):

    dnf module list


    No momento temos as versões 10, 11 e 12 disponíveis. Para instalar a versão 10, por exemplo, use o comando abaixo:

    sudo dnf module install nodejs:10

    Yarn

    Se você precisar do gerenciador de pacotes yarn, pode instalá-lo a partir dos repositórios do Fedora, com o comando abaixo:

    sudo dnf install nodejs-yarn

    Para usar o yarn, você deve usar um dos comandos: yarnpkg ou nodejs-yarn, para não ter conflitos com outros pacotes. Se você quiser usar apenas yarn, pode criar um alias para isso.

    Exemplos de utilização:

    > nodejs-yarn add sqlite3
    > yarnpkg add sqlite3
    > 

    Módulos NPM

    Existem módulos NPM no repositório do Fedora, você pode instalar módulos usando o DNF ou o próprio NPM. Veja como instalar o sqlite3 usando o DNF ou o NPM:

    sudo dnf install nodejs-sqlite3

    sudo dnf install 'npm(sqlite3)'

    npm install sqlite --save

    Para instalar a última versão do NodeJS

    Se você quiser a última versão do NodeJS, pode instalar seguindo as instruções do NodeSource:

    sudo curl -sL https://rpm.nodesource.com/setup_13.x | sudo bash -
    > 
    > sudo dnf install nodejs gcc-c++ make
    > 

    **Observação: Verifique se você precisa usar sudo ou se está no login de root, adapte o tutorial à sua necessidade. **

    Com os comandos acima você adiciona o repositório nodesource e instala o nodejs na última versão, além de instalar as ferramentas de compilação de C++.

    Yarn do repositório do desenvolvedor (upstream)

    Durante a configuração do repositório nodesource, apareceu uma mensagem com as instruções para a instalação do yarn a partir do repositório upstream (de quem desenvolve o programa), a mensagem é a seguinte:

    > ## To install the Yarn package manager, run:
    >      curl -sL https://dl.yarnpkg.com/rpm/yarn.repo | sudo tee /etc/yum.repos.d/yarn.repo
    >      sudo yum install yarn
    > 

    Imagem com as últimas versões do NodeJS e do Yarn:

    Comparando as versões do repositório e do upstream

    Eu usei a toolbox para instalar o ambiente NodeJS separado do ambiente existente na minha instalação do Fedora. Assim eu pude ter as duas versões para mostrar no tutorial, vejamos a diferença nas versões:

    > [leandro@fedora ~]$ node --version
    > v12.14.1    #versão do repositório do Fedora
    > [leandro@fedora ~]$ toolbox run node --version
    > v13.7.0    #versão do upstream
    > [leandro@fedora ~]$ yarnpkg --version
    > 1.13.0    #versão do repositório do Fedora
    > [leandro@fedora ~]$ toolbox run yarn --version
    > 1.21.1    #versão do upstream
    > 

    Por hoje é só, pessoal. Abraços!

    muito bom Leandro, é de grande ajuda!

Entre ou Registre-se para fazer um comentário.