[TUTORIAL] Como criar um pendrive com Persistent.

editado abril 2019 em Tutoriais

O Persistent, seria criar um pendrive bootavel e além disso, poder salvar dados nesse sistema.

LEIA ANTES DE EXECUTAR OS COMANDOS. PARA ENTENDER O PROCESSO

1 Passo - Instalar o programa abaixo como root ou sudo:

dnf install livecd-tools.x86_64 livecd-iso-to-mediums.x86_64

2 Passo - conectar o pendrive e detectar qual é o device.

fdisk -l

3 Passo - Formatar o pendrive no formato vfat:

mkfs.vfat /dev/sdd

4 Passo - Executar o comando abaixo. Lembrando que o /dev/sdd é o meu device. Vefiricar qual é o seu.

livecd-iso-to-disk --overlay-size-mb 2000 /dados/Isos/Fedora-KDE-Live-x86_64-29-1.2.iso /dev/sdd

OBS: a opção --overlay-size-mb não pode passar de 4000 pois como formatamos em vfat, é o limite do sistema de arquivo em dados brutos.

5 Passo - Dê o boot com o pendrive. Após entrar no sistema, crie uma pasta na área de trabalho e reinicie. Se a pasta continuar lá, funcionou.

Até o Próximo.

Comentários

  • Vlw pelo tutorial e explicação ao vivo tmb.
    Simples e funcional. Vlw fera.

  • Digite seu comentário> @chacal disse:

    Vlw pelo tutorial e explicação ao vivo tmb.
    Simples e funcional. Vlw fera.

    Valeu.

  • Digite seu comentário> @FedoraBR disse:

    O Persistent, seria criar um pendrive bootavel e além disso, poder salvar dados nesse sistema.

    LEIA ANTES DE EXECUTAR OS COMANDOS. PARA ENTENDER O PROCESSO

    1 Passo - Instalar o programa abaixo como root ou sudo:

    dnf install livecd-tools.x86_64 livecd-iso-to-mediums.x86_64

    2 Passo - conectar o pendrive e detectar qual é o device.

    fdisk -l

    3 Passo - Formatar o pendrive no formato vfat:

    mkfs.vfat /dev/sdd

    4 Passo - Executar o comando abaixo. Lembrando que o /dev/sdd é o meu device. Vefiricar qual é o seu.

    livecd-iso-to-disk --overlay-size-mb 2000 /dados/Isos/Fedora-KDE-Live-x86_64-29-1.2.iso /dev/sdd

    OBS: a opção --overlay-size-mb não pode passar de 4000 pois como formatamos em vfat, é o limite do sistema de arquivo em dados brutos.

    5 Passo - Dê o boot com o pendrive. Após entrar no sistema, crie uma pasta na área de trabalho e reinicie. Se a pasta continuar lá, funcionou.

    Até o Próximo.

    Ótimo. Era isso que eu queria! Um pendrive formatado em vfat!

  • Digite seu comentário> @GoroDaimon71113 disse:

    Digite seu comentário> @FedoraBR disse:

    O Persistent, seria criar um pendrive bootavel e além disso, poder salvar dados nesse sistema.

    LEIA ANTES DE EXECUTAR OS COMANDOS. PARA ENTENDER O PROCESSO

    1 Passo - Instalar o programa abaixo como root ou sudo:

    dnf install livecd-tools.x86_64 livecd-iso-to-mediums.x86_64

    2 Passo - conectar o pendrive e detectar qual é o device.

    fdisk -l

    3 Passo - Formatar o pendrive no formato vfat:

    mkfs.vfat /dev/sdd

    4 Passo - Executar o comando abaixo. Lembrando que o /dev/sdd é o meu device. Vefiricar qual é o seu.

    livecd-iso-to-disk --overlay-size-mb 2000 /dados/Isos/Fedora-KDE-Live-x86_64-29-1.2.iso /dev/sdd

    OBS: a opção --overlay-size-mb não pode passar de 4000 pois como formatamos em vfat, é o limite do sistema de arquivo em dados brutos.

    5 Passo - Dê o boot com o pendrive. Após entrar no sistema, crie uma pasta na área de trabalho e reinicie. Se a pasta continuar lá, funcionou.

    Até o Próximo.

    Ótimo. Era isso que eu queria! Um pendrive formatado em vfat!

    Valeu meu brother.

  • editado abril 2019

    Uma dúvida. E caso se o computador da pessoa tiver apenas Windows, como fazer esse procedimento? O Fedora Image Writer faz isso?
    Digite seu comentário> @FedoraBR disse:

    Digite seu comentário> @GoroDaimon71113 disse:

    Digite seu comentário> @FedoraBR disse:

    O Persistent, seria criar um pendrive bootavel e além disso, poder salvar dados nesse sistema.

    LEIA ANTES DE EXECUTAR OS COMANDOS. PARA ENTENDER O PROCESSO

    1 Passo - Instalar o programa abaixo como root ou sudo:

    dnf install livecd-tools.x86_64 livecd-iso-to-mediums.x86_64

    2 Passo - conectar o pendrive e detectar qual é o device.

    fdisk -l

    3 Passo - Formatar o pendrive no formato vfat:

    mkfs.vfat /dev/sdd

    4 Passo - Executar o comando abaixo. Lembrando que o /dev/sdd é o meu device. Vefiricar qual é o seu.

    livecd-iso-to-disk --overlay-size-mb 2000 /dados/Isos/Fedora-KDE-Live-x86_64-29-1.2.iso /dev/sdd

    OBS: a opção --overlay-size-mb não pode passar de 4000 pois como formatamos em vfat, é o limite do sistema de arquivo em dados brutos.

    5 Passo - Dê o boot com o pendrive. Após entrar no sistema, crie uma pasta na área de trabalho e reinicie. Se a pasta continuar lá, funcionou.

    Até o Próximo.

    Ótimo. Era isso que eu queria! Um pendrive formatado em vfat!

    Valeu meu brother.

  • Digite seu comentário> @GoroDaimon71113 disse:

    Uma dúvida. E caso se o computador da pessoa tiver apenas Windows, como fazer esse procedimento? O Fedora Image Writer faz isso?
    Digite seu comentário> @FedoraBR disse:

    Digite seu comentário> @GoroDaimon71113 disse:

    Digite seu comentário> @FedoraBR disse:

    O Persistent, seria criar um pendrive bootavel e além disso, poder salvar dados nesse sistema.

    LEIA ANTES DE EXECUTAR OS COMANDOS. PARA ENTENDER O PROCESSO

    1 Passo - Instalar o programa abaixo como root ou sudo:

    dnf install livecd-tools.x86_64 livecd-iso-to-mediums.x86_64

    2 Passo - conectar o pendrive e detectar qual é o device.

    fdisk -l

    3 Passo - Formatar o pendrive no formato vfat:

    mkfs.vfat /dev/sdd

    4 Passo - Executar o comando abaixo. Lembrando que o /dev/sdd é o meu device. Vefiricar qual é o seu.

    livecd-iso-to-disk --overlay-size-mb 2000 /dados/Isos/Fedora-KDE-Live-x86_64-29-1.2.iso /dev/sdd

    OBS: a opção --overlay-size-mb não pode passar de 4000 pois como formatamos em vfat, é o limite do sistema de arquivo em dados brutos.

    5 Passo - Dê o boot com o pendrive. Após entrar no sistema, crie uma pasta na área de trabalho e reinicie. Se a pasta continuar lá, funcionou.

    Até o Próximo.

    Ótimo. Era isso que eu queria! Um pendrive formatado em vfat!

    Valeu meu brother.

    A melhor ferramenta para fazer um pendrive bootavel que eu conheço é o rufus para Windows. Para Linux unnetbooting

  • Parabéns pelo tutorial.

  • editado abril 2019

    Digite seu comentário> @kikom disse:

    Parabéns pelo tutorial.

    Tanto para o Windows ou Linux recomendo a ferramenta Etcher!

Entre ou Registre-se para fazer um comentário.